quinta-feira, 21 de maio de 2009

Ofensa e Direito a Liberdade

Lí um texto muito esclarecedor sobre Liberdade de Expressão e Ofensa.

Alguns trechos que gostei muito:

"...A liberdade é precisamente a característica ou a capacidade que cada um tem de se autodeterminar livremente. Sem peias. Sem medos. Sem pressões. Sem limitações, que não as da lei e, já agora, nem sequer as do senso comum ou mesmo as do bom senso. A expressão é livre. Mas a liberdade implica a responsabilidade.
É aqui que releva o direito à diferença, o direito à crítica, o direito a afrontar, o direito à indignação e até a indignar..."

"...A liberdade de expressão, como aliás todas as liberdades, tem como principal, e talvez único, limite o dever de respeitar as liberdades e direitos dos outros..."

"...
Ora, o respeito pelo Outro, não admite força, violência ou dominação, mas antes compreensão, diálogo, aceitação, reconhecimento, bem como a “negociação” das diversidades e a “interpenetração” das diferenças. Estamos perante a concepção de democracia dialógica, no entendimento de Giddens, a qual significa, o reconhecimento da autenticidade do outro, cujas opiniões e ideias estamos preparados para ouvir e debater, como um processo mútuo..."

"...
A Dignidade é o amanhã……É preciso, porém, construí-lo, com Respeito, Paz e Tolerância, hoje."

O texto integral pode ser lido em:
http://cruzadvogados.blogspot.com/2006/02/liberdade-de-expresso-e-respeito-pelo.html

1 COMENTÁRIOS (Clique e Faça o Seu):

assertivas.com disse...

Gostei demais. Nem tanto pela LIBERDADE, que a gente pode questionar. Por exemplo: o cara que mora na rua, busca a comida no lixo, não tem família. Esse sujeito tem toda liberdade, mas como ela se manifesta.

Agora, DIGNIDADE faz com que a liberdade só possa ser compreendida a partir da manifestação benéfica, proveitosa, útil.

Por outro lado, suspeito que em se tratando de mudanças de paradigmas, a expressão da liberdade (com dignidade) já foi rotulada de indigna. Veja aí na época da ditadura. Quantos artistas tiveram o exercício da liberdade mau visto porque a sociedade não tinha "bons olhos" para inúmeras expressões de liberdade.

Há que se espreitar a realidade e descobrir o amanhã. Caso contrário, parece terreno movediço o tal onde floresce essa flor cobiçada chamada liberdade.

Bom de-mais o texto.

 
BlogBlogs.Com.Br