quarta-feira, 22 de abril de 2009

Mundo Urbano

Nem sempre que vou a casa de minha irmã eles estão por lá. Às vezes estão num dos cantos do Brasil, acompanhando algum evento, entrevistando atletas, promovendo gravações. Outras vezes estão em casa, mas mesmo assim não é fácil estar com eles. Vivem às avessas.

Não. Antes que você interprete mal, vou explicar melhor. Viver às avessas não quer dizer que é errado. Só é diferente. Quer ver?

Acordam à tarde e já de tarde mesmo estão no escritório, respondendo emails, conversando em chats, MSN, TWITTER, etc. É hora de produzir os textos, agendar novos eventos, acertar a programação, se conectar com o mundo, ver o que está acontecendo. A noite é o momento de editar gravações, selecionar imagens, definir trilha sonora e montar o programa. Tudo isso para, de madrugada, cuidarem do “upload”.

Nem pense em sugerir alteração nessa rotina. Eles já tentaram, mas o dia precisa ser de atenção aos seguidores e parceiros, de gravação de cenas e entrevistas, ficando a noite dedicada à criação. O danado do “upload” é melhor se fazer de madrugada. Seis horas da manhã? Fecham o escritório e vão dormir.

Eles também se amam. Trabalham juntos, convivem 24 horas( o que já teria destruído muito casamento), e estão sempre namorando. Por esses dias mesmo eu ouvi, ao acordar, o barulho do carro deles saindo. Depois vim a saber que tinham terminado o trabalho, e antes de dormir, foram ver o sol nascer no alto da colina. Lindo, né? O segredo? Muito respeito e admiração um pelo outro. Cada um tem seu papel, sua competência, seu espaço. E eles reconhecem isso, e fazem disso um mantra.

Eles cuidam do MUNDO URBANO. Um programa que projeta luz sobre esportes urbanos, muitos deles você nem deve saber que existem. Long Board, Le parkour, Mono, BMX, Night Bikers, In Line e muitos outros. Os atletas se esmeram na técnica, superam limites, vencem desafios, sobrevivem sem patrocínio e às vezes, por erro nosso, são até mal vistos.

O programa é testado a cada dia porque ele é postado em um site que vive de “views”. Se é visto, ganha destaque, e aí vai para a exibição na TV.

Já se imaginou sendo colocado à prova a todo instante? Não é prá qualquer um. Mas eles são novos valores, de uma nova geração. Sabem que o mundo é competitivo e aceitam isso. Sabem que o amor não se compra, não se contrata, não se aprisiona, e respeitam isso.

Eles são Rodrigo e Mariana.

Clique aqui e veja um Video do MUNDO URBANO.

Se aparecer uma tela lhe perguntando se o vídeo deve ir para a TV, não hesite:

DIGA SIM AO MUNDO URBANO.




1 COMENTÁRIOS (Clique e Faça o Seu):

mpimenta disse...

João, nem sei como agradecer tanto carinho e apoio sempre! Obrigada pela força. É graças a todas as pessoas que acreditam no nosso trabalho que vale a pena fazê-lo, diariamente.

Beijo grande ;-D

 
BlogBlogs.Com.Br