quinta-feira, 20 de junho de 2013

Metamorfose

A verdade não precisa de desculpas.
Ela é o que é, e pronto.

A mentira? A mentira não se basta.
É necessário um álibi, um motivo, uma justificativa.

A mentira surge da necessidade de alterar a realidade. De ser o que não é,
de estar onde não esteve, de falar o que não disse ou dizer o que não foi dito.

Mentir te faz poderoso(a)? Dominador(a)? Talvez.
Se dissimulamos, enganamos, nos sentimos espertos, não é?

Na verdade, tem sempre alguém rindo das suas mentiras, percebendo sua fragilidade. 
Seu desejo enorme de ser aceito(a) como pessoa. Não com os seus defeitos, mas com as qualidades que você não tem.

Da mentira inocente nasce a calúnia, a injúria, a difamação.
Tão graves quanto seu engano de si mesmo(a).

E na imaginação de ser quem não é,
você vai matando toda a esperança de um dia voltar a si mesmo(a).



0 COMENTÁRIOS (Clique e Faça o Seu):

 
BlogBlogs.Com.Br